A suplementação oral de peptídeos bioativos de colágeno tem efeitos benéficos sobre a fisiologia da pele humana: um estudo duplo-cego placebo controlado

 

Vários suplementos dietéticos alegam que apresentam propriedades antienvelhecimento na pele, contudo, existem um número limitado de pesquisas que comprovam esses benefícios. O objetivo desse estudo foi de determinar a efetividade do colágeno hidrolisado composto por peptídeos específicos de colágeno nos parâmetros biofísicos relacionados ao envelhecimento cutâneo. Neste estudo duplo-cego, placebo controlado, 69 mulheres com idade entre 35-55 anos foram randomizadas em 3 grupos (n=23) para receber 2,5g ou 5g de colágeno hidrolisado (Verisol™) ou placebo, uma vez ao dia durante 8 semanas. A elasticidade da pele, hidratação, perda de água transepidérmica e rugosidade da pele foi mensurada objetivamente antes do início do estudo (t=0) e após 4 (t1) e 8 (t2) semanas da suplementação oral regular. A elasticidade da pele (interesse primário) também foi avaliada após 4 semanas da última suplementação (t3 – fase de regressão de 4 semanas). Ao final do estudo, foi observado um aumento significativo da elasticidade da pele, para ambas as dosagens avaliadas, em relação ao placebo. Após 4 semanas do final do tratamento foi verificado também um maior nível de elasticidade da pele em mulheres mais maduras. Em relação a hidratação e perda de água transepidérmica foi observado uma influência positiva em análise de subgrupos, mas os dados não atingiram significância estatística. Nenhum efeito colateral foi observado durante todo o estudo.

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E CONFIRA O ESTUDO NA ÍNTEGRA

Proksch, E., et al. Oral supplementation of specific collagen peptides has beneficial effects on human skin physiology: A double-blind, placebo-controlled study. Skin Pharmacology and Physiology, v. 27, n.1, p. 47–55, 2013.