Considerada vilã para muitas mulheres, a celulite nada mais é do que alterações na pele causadas pelo acúmulo de gordura, água e toxinas nas células. Unidos, eles causam as famosas ondulações que incomodam muita gente. Apesar de em muitos casos a genética ser a maior culpada, a sua alimentação pode estar na lista dos motivos para os temidos furinhos.

O consumo de doces (que são armazenados no organismo como gordura), frituras (aumentam a inflamação dos tecidos da pele), bebidas gaseificadas (prejudicam a circulação sanguínea), sódio (retenção de líquidos) e álcool (os dois últimos itens, unidos) estão entre os hábitos responsáveis pelo aumento da celulite.

Além disso, não beber uma boa quantidade de água por dia também pode contribuir ao problema, já que esse líquido ajuda a eliminar as toxinas do corpo. As fumantes também devem de preocupar, pois esse hábito aumenta a presença das toxinas e ainda prejudica a circulação sanguínea. Completando a lista, entram o sedentarismo, o estresse e as roupas justas, que aumentam a redenção de gordura e atrapalham o fluxo do sangue.

Mas fique tranquila: Algumas atitudes causam o efeito contrário, ou seja, agem no combate e prevenção da celulite. Consumir alimentos antioxidantes ajuda a eliminar as toxinas. O chá verde é uma boa opção nesse caso. As boas gorduras (encontradas no azeite de oliva, por exemplo) são interessantes na ação anti-inflamatória, assim como os alimentos ricos em fibras (cereais integrais e frutas), que favorecem a digestão e o funcionamento do intestino.

Além disso, praticar exercícios é uma excelente forma de diminuir o acúmulo de gordura corporal. Se você optar pela suplementação, o colágeno hidrolisado é a melhor opção. Ele contribui para dar firmeza e elasticidade à pele, diminuindo a flacidez. Para chegar lá, é importante que a ingestão dessa proteína seja de pelo menos 9 g por dia, combinada com a vitamina C.

Seguindo as dicas acima, fica mais fácil prevenir e amenizar as tão incômodas celulites!