O termo HIIT é uma sigla em inglês que significa “High Intensity Interval Training”, que em português significa: Treino Intervalado de Alta Intensidade.

Vemos diferentes estilos de treinos utilizando esse nome, como treinos com pesos, treinos com exercícios funcionais. No entanto, os estudos científicos abordam apenas protocolos realizados em cicloergômetro estacionários como: bicicleta, esteira e elíptico, ou seja, protocolos de treinos cardio.

Os protocolos de treinamento variam, mas basicamente compreendem em execuções de sprints em alta intensidade (90% da frequência cardíaca máxima), intercalados com recuperação em intensidade moderada à baixa. A duração dos sprints e recuperações variam entre 4 seg à 6 min dependendo do protocolo escolhido para o treino.

Contudo, uma das características principal do HIIT é que envolve volume de treinamento significativamente menor, tornando-se uma estratégia de tempo eficiente para proporcionar adaptações e possíveis benefícios à saúde em comparação com programas de exercícios aeróbios tradicionais mais longos.

Os estudos mostram que 20min de hiit é capaz de proporcionar adaptações fisiológicas crônicas como aumento da capacidade aeróbia (aumento do VO2máx) e anaeróbia (sendo utilizado como estratégia de treinamento para esporte de auto rendimento); aumento da resistência muscular, melhora da sensibilidade à insulina e diminuição de gordura abdominal.