A flacidez é um incômodo real para muitas mulheres. Ela nada mais é do que o enfraquecimento das fibras colágenas e elásticas – responsáveis por dar sustentação aos tecidos do organismo (como pele e músculos). A boa notícia é que alguns hábitos saudáveis ajudam a prevenir e amenizar esse problema.

Mas o que causa a flacidez? Entre os principais motivos está a perda do colágeno que acontece com o envelhecimento. Alterações hormonais, obesidade, gravidez, sedentarismo, efeito sanfona e o consumo de cigarro e álcool podem acelerar o processo.

Como a alimentação pode ajudar a prevenir a flacidez? Com uma dieta balanceada, rica em frutas, verduras, proteínas, água e carboidratos complexos (integrais). É preciso ainda restringir os açúcares e gorduras, principalmente as saturadas – presentes em carnes gordurosas, sorvetes, manteigas, biscoitos recheados, maioneses etc. Esses ingredientes favorecem a inflamação das células, levando ao aspecto flácido da pele.

As vitaminas E e C e os minerais zinco e selênio, todos antioxidantes, ajudam no combate aos radicais livres, favorecendo uma pele mais firme.

E qual é a função do colágeno nesse processo? Ele representa cerca de 25% das proteínas do corpo. Uma de suas funções é dar firmeza para a ele, estimulando a produção de novas fibras. Como contamos aqui, ele pode ser suplementado na alimentação em forma de colágeno hidrolisado.

Quais hábitos devo evitar para prevenir a flacidez? Além de praticar exercícios físicos, equilibrar a alimentação e fugir do álcool e do cigarro, outras atitudes também são importantes. Entre elas, evitar a exposição ao sol (que danificam a pele) e banhos muito quentes.